Circuito fechado de TV aumenta a segurança de condomínios

Circuito fechado de TV é operando por dois seguranças.

No primeiro semestre de 2018, houve um aumento de 56% no número de assaltos a condomínios no estado de São Paulo. Foram 1.300 ocorrências, contra 832 no mesmo período do ano anterior. Os dados são da Secretaria Estadual de Segurança Pública de São Paulo. Um grave problema que poderia ser atenuado com a utilização do CFTV – Circuito Fechado de TV. Uma tecnologia que costuma afastar os assaltantes e tornar os condomínios menos vulneráveis. No artigo de hoje, os consultores da Aldep Sistemas de Segurança vão explicar tudo sobre o assunto. Se ao final da leitura você ainda tiver dúvidas, clique aqui e mande sua pergunta!

O que é um circuito fechado de TV?

O circuito fechado de TV é um sistema de vigilância permanente que cobre uma determinada área. Câmeras são instaladas em pontos estratégicos, cobrindo 100% do espaço, e captando a imagem de todas as pessoas que transitam por ali. As câmeras são conectadas a um sistema central, onde as imagens são monitoradas e gravadas. Neste vídeo, você vai entender em detalhes como um sistema de segurança é planejado e instalado.

Por que o circuito fechado de TV afasta os bandidos?

Um assaltante que esteja planejando invadir sua casa, seu condomínio ou sua empresa, ao perceber que há câmeras instaladas, vai ficar mais reticente e procurar um local mais desprotegido. Vai atrás de outra vítima. E ele vai embora por dois motivos:

1 – O operador que está na central, vendo todas as imagens, imediatamente avisará a Polícia e a empresa de segurança privada (se houver).

2 – O circuito fechado de TV grava tudo. Então, mesmo que ele consiga fugir, as câmeras terão flagrado o carro ou moto que utilizou, o tipo de armamento, sua altura, raça, tatuagens. O rosto, caso não tenha utilizado uma máscara. Se tem um anel na mão direita ou esquerda, se usa um relógio, se manca de uma perna. Com tudo isso, os investigadores têm mais chances de encontrá-lo e prendê-lo.

E se o segurança estiver dormindo?

No passado, realmente, era comum o responsável pelo posto ser vencido pelo sono e pela monotonia, e acabar cochilando. Hoje, isso é muito mais raro, também por dois motivos básicos:

1 – Existe uma câmera na central de segurança, apontada para o operador. Se ele dormir, seus superiores saberão. Se ficar o tempo inteiro mexendo no celular, distraído, seus chefes assistirão tudo e providenciarão sua demissão. Hoje, com as ferramentas de controle disponíveis, os seguranças são muito mais atentos e concentrados.

2 – A razão principal: num circuito fechado de tv moderno, as câmeras, em conjunto com outros equipamentos, podem enviar mais do que imagens para a central de segurança. Elas também podem mandar alertas sonoros. Se alguém pular o muro, ou caminhar por uma área que deveria estar isolada, haverá também um sinal sonoro que alerta o operador, que tomará as devidas providências.

O circuito fechado de TV também minimiza problemas internos!

Nem sempre o problema de um condomínio residencial ou de um prédio lotado de escritórios é um assalto. O circuito fechado de TV também ajuda o síndico e os responsáveis pela segurança a descobrirem, por exemplo, quem bateu no carro de um vizinho na garagem. Ou quem jogou lixo da janela. Ou quem fumou numa área proibida. Ou o filho de quem grafitou a parede da churrasqueira.

Identificar o responsável por danos a outros moradores ou ao condomínio é fundamental para evitar dor de cabeça e prejuízo financeiro. Quando não se sabe o nome do culpado, a conta acaba sendo rateada entre todos, nas famosas despesas extraordinárias lançadas na cota condominial. Há situações, inclusive, que chegam aos tribunais, com indenizações de valores bem elevados.

Como instalar um circuito fechado de TV?

Esta é a parte mais fácil. Basta entrar em contato com os consultores da Aldep Sistemas de Segurança. Temos 20 anos de experiência atendendo clientes de todos os portes e segmentos, na capita paulista, na região metropolitana e em alguns municípios do interior. Fizemos mais de 1.800 implementações e monitoramos mais de 22 mil pessoas todos os dias. 88% dos nossos clientes pediram novos serviços ou ampliações dos sistemas implantados.

Clique aqui ou mande um e-mail para aldep@aldep.com.br e vamos tirar todas as suas dúvidas e buscar a solução ideal para sua segurança!

Share